Como transformar a sua empresa com incentivos financeiros No ensejo de transformação de uma empresa, entre as múltiplas ações possíveis, existem os incentivos financeiros, que aparecem como uma das mais efetivas ferramentas para engajamento de funcionários e colaboradores. Pelo menos é isso que afirma o artigo “O poderoso papel que os incentivos financeiros podem desempenhar em uma transformação” do site McKinsey & Company (em inglês): “De fato, as empresas que implementaram incentivos financeiros vinculados diretamente aos resultados da transformação obtiveram quase cinco vezes um aumento no retorno total ao acionista (TSR) em comparação com empresas sem programas semelhantes.” Em uma pesquisa realizada pela empresa, no entanto, foi descoberto que só dois terços das empresas adotam um programa de incentivos financeiros ao começar uma transformação. No artigo original, em inglês, eles compartilham 7 dicas para projetar e implementar incentivos financeiros para o máximo impacto em uma transformação. Você pode ler todos, em português, abaixo. Continue a leitura e aproveite!

7 diretrizes para projetar e implementar incentivos financeiros para o máximo impacto na sua transformação

Buscando o melhor proveito do uso de incentivos financeiros, algumas dicas podem ajudar à alcançar os resultados pretendidos. Veja os sete princípios selecionados pela McKinsey & Company:
  1. Vincule os incentivos diretamente aos resultados da transformação sob o controle dos participantes

Geralmente, quando as empresas resolvem implementar bonificações e programas de incentivo à estratégia de transformação, acabam vinculando esses benefícios à resultados e ganhos gerais da empresa. Individualmente, para os funcionários, essa métrica fica além do seu controle, por isso “vincular incentivos a esse resultado distante pode enfraquecer sua eficácia”. Por isso, a dica aqui é individualizar os resultados e bonificações. Pequenas metas atingidas fazem grande mudança! “As iniciativas são essencialmente projetos que agregam valor para a organização acima e além do business as usual. Quando você diminui o zoom, a transformação geral consiste em centenas ou milhares de iniciativas discretas.
  1. Incentive o desempenho superior em vez de apenas o bom desempenho

Uma transformação é mais do que atingir metas e objetivos convencionais. A transformação é sinônimo de mudança e isso requer incentivos à altura! “O impacto transformacional requer incentivos transformacionais. Portanto, os pagamentos devem ser generosos e focados em incentivar o desempenho transformacional em vez de apenas um bom desempenho. (...) Além disso, a superação das expectativas deve ser incentivada. Transformação é ir atrás de todo o potencial e não deixar valor na mesa.
  1. Use o programa de incentivos para incentivar uma participação mais ampla

Uma transformação bem executada envolve todos os funcionários independente de hierarquia. Ainda que nem todos sejam líderes ou responsáveis diretos pelo desempenho de uma meta, é importante envolver e incentivar a todos. “Como exemplo, uma empresa alocou uma pequena parte do conjunto de incentivos à transformação para os funcionários que apoiam os proprietários da iniciativa, bem como para os próprios proprietários da iniciativa. Essa estrutura desencadeou uma onda de geração de ideias de baixo para cima, à medida que os funcionários procuravam desafiar o status quo, entender as melhores práticas e identificar maneiras de melhorar o desempenho.
  1. Inclua métricas de desempenho além do impacto financeiro

Aqui, novamente, é sobre ter métricas específicas e não somente gerais. O incentivo, portanto, estará caminhando lado a lado com metas e objetivos de todos os funcionários, impactando também em outras áreas que contribuirão com a transformação como um todo. “Muitos programas de incentivo à transformação se concentram apenas no impacto financeiro. Essa abordagem pode facilitar a implementação do programa, com os funcionários recebendo uma porcentagem do valor financeiro que entregam diretamente. No entanto, para transformar uma organização – para melhorar radical e fundamentalmente e sustentar o nível geral de desempenho – gerar impacto financeiro não é suficiente. Uma visão holística sobre o desempenho aprimorado permite que as empresas abram a abertura em torno dos tipos de iniciativas necessárias para mudar a organização, incluindo experiência do cliente, saúde organizacional, capacidades e impacto social e ambiental.”
  1. Garantir que os pagamentos sejam feitos logo após a conclusão das iniciativas

Criar uma ligação clara entre ação e incentivo reforça a mudança de comportamento”. No exemplo dado pelo artigo, os incentivos eram pagos a cada trimestre, ao invés de anualmente, como planejado inicialmente. A questão aqui é ver o valor imediato que essa ação pode ser responsável por trazer, além da mudança desejada a longo prazo. Quando incentivados de forma recorrente, os colaboradores conseguem entregar resultados substanciais para a transformação da empresa mês a mês.
  1. Adapte o programa à estratégia e cultura da organização

Mesmo se tratando de uma transformação, o programa de incentivo deve estar alinhado à cultura da empresa, criando identificação e fazendo sentido para todos os funcionários envolvidos. “O programa de incentivos financeiros de uma transformação deve ser projetado para refletir a estratégia e a cultura de uma empresa. Adaptar o programa ao contexto de uma organização é fundamental para acelerar a mudança transformacional em escala.
  1. Mantenha o design simples, mas preciso

É fundamental que a comunicação do programa de incentivo seja clara e fácil de entender, sem criar grandes burocracias ou dificuldades. Isso faz parte da motivação que será criada entre os colaboradores. “Em alto nível, o programa de incentivos financeiros de uma transformação deve ser simples de entender e comunicar. Esses atributos não apenas aumentarão a percepção de justiça, mas também possibilitarão um melhor alinhamento do programa entre os funcionários. As transformações que são bem feitas geralmente resultam em um pico de entusiasmo e níveis renovados de engajamento.” Seguindo essas 7 dicas, a transformação através de incentivos financeiros terá um caminho mais aberto para o impacto positivo em qualquer empresa. Para ler o conteúdo completo, acesse o site da McKinsey & Company, em inglês. Para saber mais sobre incentivos, benefícios e fidelização, confira os outros artigos do blog Rede Parcerias!
O melhor Clube de Vantagens para sua empresa